“Um sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só. Mas um sonho que se sonha junto é a realidade” (Raul Seixas)

A Amurverde foi o renascimento de um sonho antigo de nossas associadas que no passado haviam tentado se organizar através da antiga Associação Palmital. Devido à falta de experiência e apoio a idéia não vingou, ficando portanto relegada a segundo plano, devido, em grande parte, à difícil e atribulada rotina de cada associada e seus compromissos pessoais.

Porém no início de 2017 as conversas foram retomadas durante os cafés com bolo na casa das amigas do campo e uma sensação de perseverança prevaleceu, indicando que era a hora de se organizar para a refundação da associação. A data escolhida para a reunião inicial foi no dia 7 de Julho de 2017, a mensagem foi espalhada entre as amigas e vizinhas de que uma pequena confraternização estava pra acontecer, onde seria discutida a possibilidade de se formar uma organização sem fins lucrativos, e para a surpresa de todos houve presença de um grande número de mulheres do campo e artesãs da comunidade, interessadas em somar as forças para o bem coletivo e em prol da agricultura familiar.

A conversa foi muito produtiva, e ao final os principais pontos da conversa viraram a ata da primeira reunião da associação, detalhes do estatuto foram discutidos e as associadas decidiram estão dar o nome de AMURVERDE à recém formada organização. Um sentimento muito forte de esperança pairou no ar, e entre sorrisos e abraços a reunião foi encerrada com uma grande festa regada a comes e bebes trazidos pelas participantes. Desde este dia muito trabalho e união marcaram esta nova fase da comunidade, voluntários de outras partes do Brasil e do mundo se uniram à causa, organizações não-governamentais vieram ao auxílio das associadas e pouco a pouco o que parecia apenas um sonho distante começou a tomar forma.

A associada Ana Barbosa deu um corajoso e importante passo e decidiu doar um lote de 400 metros quadrados dentro do núcleo urbano da cidade para servir de sede para a associação, tornando a associação elegível para pleitear acesso a fundos para pequenos projetos, associadas e familiares começaram a participar de cursos de especialização no segmento de agricultura familiar e com o tempo outras oportunidades começaram também a surgir. O Instituto Centro de Vida – ICV através da iniciativa Municípios Sustentáveis contemplou a associação com 16 estufas para produção de hortifruti nas propriedades das associadas trazendo ainda mais alento ao sonho coletivo.

De lá para cá muito trabalho foi desenvolvido, as famílias se uniram em prol do fortalecimento da comunidade e do meio-ambiente, com muita fé de que num futuro não muito distante os frutos de todos os esforços tragam prosperidade para toda a cidade e região do Portal da Amazônia

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: